Braskem vai investir R$ 1 bi no RS até 2011

A petroquímica Braskem anunciou ontem que vai investir R$ 1 bilhão no Rio Grande do Sul até 2011. Desse total, entre R$ 400 milhões e R$ 500 milhões serão aplicados em uma unidade de produção de polietileno verde (produzido a partir do etanol), que terá capacidade de produção de 200 mil toneladas da resina por ano. O presidente da empresa, José Carlos Grubisich, disse que, pelo menos por enquanto, a empresa não prevê nenhum outro projeto de produção de resina verde. Mas ele sinalizou, no entanto, que a demanda potencial de 600 mil toneladas pelo polietileno verde, estimada pela Braskem em consulta a seus clientes, já permite à empresa "pensar no que virá após esse primeiro projeto". Grubisich lembrou que a unidade de polietileno verde tinha sido inicialmente prevista para 100 mil toneladas anuais, mas a reação positiva do mercado elevou o projeto a 200 mil toneladas.Estão incluídas, no orçamento anunciado ontem, a geração de energia a partir de carvão no Pólo Petroquímico de Triunfo (RS), com capacidade instalada de 50 Megawatts. "No negócio da petroquímica, a energia é fundamental, e decidimos caminhar para uma expansão da capacidade de geração da Copesul", disse. A previsão de investimentos também considera projetos de separação de monômeros para clientes do pólo e estudo para um novo forno na parada programada da Copesul em 2011, o que permitiria aumentar a produção de eteno e propeno. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo..

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.