Breves

OTIMISMO NO AGRONEGÓCIOConfiança é recorde no Centro-OesteA disparada do preço dos alimentos básicos, como soja, milho e arroz, no mercado mundial teve impacto no bolso e no humor dos brasileiros das regiões produtoras de grãos, como o Centro-Oeste e o Sul. No mês passado, o índice de confiança do consumidor que vive nas Regiões Centro-Oeste e Norte do País atingiu 174 pontos, o maior da série iniciada em 2005, segundo pesquisa realizada pela Ipsos Public Affairs para a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), divulgada ontem. Em março, o indicador estava em 156 pontos e, em abril do ano passado, em 150 pontos. REFORÇO NA EQUIPEArmínio traz Castelar para time do Gávea O economista Armando Castelar, que saiu recentemente do Ipea, é a mais nova aquisição de Armínio Fraga para o Gávea Investimentos. Castelar é famoso pelos trabalhos sobre a importância do sistema judiciário e das instituições no desenvolvimento. "Estamos em festa, o Castelar vai ser o nosso guru de instituições financeiras, cobertura global, além de agregar valor em outras áreas", explicou Armínio ao Estado.TECNOLOGIA25,6% foi o crescimento nas vendas de microcomputadores no País no primeiro trimestre, alcançando 2,51 milhões de unidades, segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee)32% foi a participação dos fabricantes ilegais nas vendas de PCs, acima dos 29% registrados no trimestre anterior. A greve dos auditores da Receita contribuiu para o aumentoAVANÇO DO ÁLCOOLEUA em busca de parceiros no etanolDe olho no etanol brasileiro, Brian Dean, diretor geral da Comissão Interamericana do Etanol (IEC, em inglês) chega hoje a São Paulo para conversar com sócios em potencial. A IEC é uma entidade não-governamental, presidida pelo governador da Flórida, Jeb Bush, que busca fornecedores de álcool para a terra do Tio Sam. Dean se reúne hoje com produtores de álcool e com representantes da Unica."Há uma pressão para reduzir o uso de etanol de milho nos EUA, e o Brasil pode nos ajudar", diz Bill Perry, representante da IEC.BRIGA DE IMPOSTOSGoverno livra-se de derrota no STFO governo livrou-se ontem, no Supremo Tribunal Federal (STF), de uma derrota bilionária em uma ação que discute se o ICMS pode ou não ser incluído no cálculo da Cofins. Mesmo sem a decisão do STF, o governo zerou o placar. Os ministros decidiram discutir antes uma ação (do governo) declaratória de constitucionalidade da cobrança antes de julgar um recurso da empresa Auto Americano S.A. Distribuidor de Peças. Nesse recurso, onde a União já perdia por seis votos a um, a empresa pede a exclusão do ICMS do cálculo da Cofins.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.