Breves

NA ESTEIRA DA SELICBancos querem aumentar juro do consignadoCom a alta dos juros promovida pelo Banco Central, os bancos privados querem elevar as taxas cobradas no crédito com desconto em folha (consignado) de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O superintendente de Projetos Especiais da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Jorge Higashino, revelou ontem que a entidade já conversou com o novo ministro da Previdência, José Pimentel, sobre um aumento do teto de juros desse tipo de crédito. Hoje, o limite máximo é de 2,5% ao mês na modalidade tradicional e 3,5% ao mês no cartão de crédito consignado. SINAL VERDE MS volta a ser área livre de febre aftosaDono do segundo maior rebanho de gado bovino do País, o Estado de Mato Grosso do Sul poderá voltar a ser um grande exportador de carne. As exportações foram quase completamente suspensas no fim de 2005, após a descoberta de focos de febre aftosa no sul do Estado. Ontem, após três anos de negociações, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) voltou a classificar o Estado como área livre de febre aftosa.SELO MAIS CARO7,9% é o reajuste médio nos serviços postais da Empresa de Correios e Telégrafos que começa a vigorar hoje - dez dias depois do acordo que encerrou 21 dias de greve17,6% é o maior índice de aumento que será aplicado na carta prioritária internacional destinada à Europa. A carta nacional simples até 20 gramas terá reajuste de 8,3%RIQUEZA NO MARGoverno estuda ?fila? para explorar pré-salO presidente da BR Distribuidora, José Eduardo Dutra, informou que, entre as teses em discussão dentro do governo para alterar o marco regulatório do petróleo, está a hipótese de se estabelecer uma espécie de fila para que a União possa ditar o ritmo da exploração dos campos gigantes da camada do pré-sal. Segundo Dutra, a idéia é dar ao governo o poder de estabelecer um cronograma para a exploração do pré-sal. Ele explicou que, com isso, ao designar que uma determinada empresa terá o direito de explorar um poço, o governo poderia estabelecer a partir de quando ela poderia começar a retirar o petróleo.AVANÇO NA NEGOCIAÇÃOGreve de petroleiros pode ser suspensaA Federação Única dos Petroleiros (FUP) vai propor a suspensão da greve nacional marcada para o dia 5. O Conselho Consultivo da entidade decidiu indicar à categoria a aprovação de contraproposta para distribuição da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) feita pela Petrobrás no dia anterior. "Há um consenso de que conseguimos avanços substanciais nas negociações", disse o diretor da FUP Hélio Seidl. A Petrobrás incluiu na sua proposta um abono de R$ 1,5 mil ou 40% da remuneração do funcionário, o que for maior. E estendeu a todos os funcionários uma parcela da PLR que era restrita a cargos gerenciais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.