Breves

COMPRE HOJE, PAGUE AMANHÃ Uso de pré-datado cresce 9,76% em setembro O uso de cheques pré-datados no comércio brasileiro aumentou 9,76% em setembro, na comparação com o mesmo período de 2007. De acordo com a TeleCheque, do total de cheques emitidos, 80,51% eram pré-datados. Pernambuco é o Estado que mais utiliza a modalidade de pagamento. Lá, 92,21% dos cheques emitidos são pré-datados. Na avaliação do vice-presidente da empresa, José Antonio Praxedes Neto, a possibilidade de negociação direta entre o consumidor e o varejista e a flexibilidade de prazos e parcelamentos explicam o crescimento da preferência pelo cheque pré-datado. MEDIDA VERDE-AMARELA Drawback pode incluir produtos primários O governo estuda incluir produtos primários, como grãos e carnes, na política de "drawback verde-amarelo", que permite o desconto de impostos federais pagos na compra, no mercado interno, de matérias-primas e componentes de mecadorias vendidas ao exterior. A regra atual vale apenas para os produtos industriais. A medida aumentaria a competitividade ao setor agrícola, um dos grandes responsáveis pelas exportações do País, que tem sido afetado pela falta de crédito resultante da crise financeira internacional. US$ 11,33 bi foi quanto renderam as exportações brasileiras de carne, este ano, até setembro. O valor representa crescimento de 40,2%. Para bater o martelo, o governo precisa saber da Secretaria da Receita Federal qual instrumento legal pode ser usado "Com o drawback, será possível agregar valor ao milho e valorizar as exportações de carne" Reinhold Stephanes, ministro da Agricultura ESQUELETOS ECONÔMICOS Entidades querem impedir ações de bancos Idec, Procon-SP e OAB, entre outras entidades, reuniram-se ontem, em São Paulo, para articular uma reação à tentativa dos bancos de paralisar as ações em curso no País referente às perdas de poupadores com os planos econômicos. A Confederação Nacional do Sistema Financeiro está estudando ir ao STF com uma ação que travaria essas medidas judiciais. O Idec quer apresentar ao presidente da República e do STF, em Brasília, um abaixo-assinado repudiando a iniciativa.

O Estadao de S.Paulo

30 Outubro 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.