Breves

CONTA NEGATIVABalança comercial tem déficit de US$ 390 miA balança comercial obteve déficit de US$ 390 milhões nas três primeiras semanas de janeiro e apontou uma forte tendência de o mês fechar com o primeiro saldo negativo mensal desde março de 2001. Tradicionalmente fraco em termos de comércio exterior, o período foi marcado pela queda de 21,2% na média diária de exportações, em relação a 2008. As vendas somaram US$ 5,234 bilhões. As importações recuaram 9%, com um total de US$ 5,624 bilhões. De acordo com os dados divulgados ontem pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), as trocas de bens no período encolheram 15,3%. UNIÃO DE EMERGENTESBrasil e China lançam parceria estratégicaBrasil e China pretendem lançar um plano de ação da parceria estratégica durante visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Pequim. O foco estaria no equilíbrio do comércio bilateral, no aumento do fluxo de investimentos e na cooperação tecnológica. O discurso, porém, se mostra incoerente com a investigação brasileira de dumping na importação de calçados chineses e a desistência da Baosteel em construir siderúrgica do Espírito Santo.INFLAÇÃO0,40% é a nova projeção do Índice de Preços ao Consumidor (IPC)feita pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) para janeiro; antes, a previsão era de 0,35%0,23% foi a variação do IPC verificada na segunda quadrissemana do mês de janeiro. No primeiro levantamento do mês, o índice havia variado 0,18%POUCA OSCILAÇÃOConsumo de energia sobe 2,8% em 2008O consumo de energia no País fechou o ano com aumento de 2,8% sobre 2007, informou ontem o Operador Nacional do Sistema (ONS). O porcentual de crescimento foi obtido apesar da queda de 3,1% no último mês do ano ante dezembro de 2007, e de 5,6% sobre novembro. No total, em 2008, houve um consumo médio de 51.870 MW, ante 50.471 MW em 2007. Na avaliação do ONS, a crise financeira provocou pouca oscilação após a revisão do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). De janeiro a setembro, quando a estimativa de PIB era de 6,2% para o ano de 2008, o desempenho da carga de energia era de 3,4%. COMÉRCIO EXTERIORExportação de carne cai 14% em 2008 A Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) informou ontem que as vendas externas de carne bovina em dezembro somaram 89,5 mil toneladas, uma retração de 13% ante o mesmo período de 2007. A receita foi de US$ 315,9 milhões, uma queda de 4%. A Venezuela foi o país que mais comprou do Brasil em dezembro, com US$ 57,5 milhões - um aumento de 316,9%, seguida pelo Irã, com US$ 28,3 milhões (126%). Os russos ficaram em terceiro lugar, com US$ 27,9 milhões. No ano, o País exportou 1,38 milhão de toneladas, uma queda de 14,3%. A receita teve crescimento de 20,36%."O governo tem dois compromissos: apoiar todos os que perderem o emprego e relançar ações para tornar nossa economia mais competitiva"José Luis Rodríguez Zapatero, presidente da Espanha

, O Estadao de S.Paulo

20 de janeiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.