Breves

SITUAÇÃO CONFORTÁVEL?Brasil está blindado contra alta do petróleo? O diretor do Centro Brasileiro de Infra-Estrutura (CBIE), Adriano Pires, acredita que o Brasil está blindado contra a alta do petróleo. São dois os argumentos: 1) o País produz tudo o que consome - situação diferente da verificada durante o segundo choque, na década de 80, quando o Brasil gastava mais da metade das reservas para comprar petróleo; 2) o real valorizado impede uma defasagem maior entre os preços internacionais e os praticados internamente. Pelos cálculos de Pires, essa diferença hoje é baixa, perto de 4% para a gasolina e de apenas 2% para o óleo diesel. SEGUNDO TEMPOAmericana Subway avança no Brasil Até o fim do ano, a rede de fast-food americana Subway vai inaugurar, em média, quase uma loja por dia. Não é mal para uma cadeia de sanduíches que voltou ao mercado há quatro anos após uma experiência malsucedida no País. Ela deve fechar o ano com 145 lojas, número que vai dobrar em 2008, pelas previsões de Anete Trompeter, empresária que trouxe a franquia para o Brasil. No mundo, a rede tem 28,5 mil pontos. "Agora, vamos reforçar a presença em São Paulo e Rio. Começamos pelas bordas por conta da herança ruim", diz Anete. Por ora, Curitiba é a cidade com mais lojas da Subway.ABUSO NOS ARES? 8 mil é o valor dos danos morais pagos pela Air France a um passageiro que foi obrigado a pagar taxa extra por ser obeso. A taxa também foi devolvidaLIÇÕES DE MERCADONatura fará Natal mais conservadorO executivo Helmut Bossert, da Natura, disse ontem a um grupo de investidores que a companhia não vai repetir a estratégia de Natal adotada no ano passado. Na época, ela fez promoções agressivas e acabou comprometendo suas margens e seu valor de mercado na Bolsa de Valores durante o ano de 2007. Agora, a Natura promete um Natal mais comedido.TERMÔMETRO Pelo menos um de cada dez fundos de hedge pode ter saído do negócio em 2007, já que a taxa de falência dobrou, disse ao Financial Times o presidente do Man Group, Peter Clark "Ainda há problemas ignificativos, especialmente, no mercado popular"Meglena Kuneva, Comissária da União Européia, ao propor medidas para reduzir riscos de brinquedos feitos na ChinaTORDESILHASPortugueses esperam novo leilãoA Brisa Auto-Estradas de Portugal já prepara "soluções competitivas e sustentáveis" para os próximos leilões de concessão das rodovias brasileiras. "Acredito que gerir estradas não é apenas uma questão de tarifas", afirmou o presidente da empresa, Vasco de Mello, sobre o baixo valor das tarifas oferecidas pelos espanhóis da OHL no último leilão de rodovias federais. "Não posso dizer que a proposta deles seja sustentável", alfinetou Mello. A Brisa está presente em mais de 1.400 quilômetros de estradas no País pelo consórcio Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.