BRF amplia fábrica em Santa Catarina

Empresa investe R$ 84 milhões para transformar unidade na maior fabricante de salsicha da América Latina

SUZANA INHESTA, O Estado de S.Paulo

31 Outubro 2012 | 02h10

A empresa de alimentos Brasil Foods (BRF) informou ontem, por meio de comunicado, que vai investir R$ 84 milhões na ampliação da unidade de Videira, no Estado de Santa Catarina. De acordo com a companhia, com esse aporte, a fábrica aumentará em 50% a produção de salsichas, de 240 para 360 toneladas por dia.

A nova linha contará com processos automatizados, na qual serão fabricados produtos para supermercados (autosserviço) - peças de salsichas de 340 gramas a até 3 quilos. O anúncio foi feito ontem pela BRF ao governador do Estado, Raimundo Colombo (DEM). Com a ampliação, a unidade de Videira, da BRF, será a maior fábrica de salsichas da América Latina.

A BRF, empresa criada com a fusão das operações da Sadia e da Perdigão, em 2009, ainda informou que os aportes permitirão a construção de uma área exclusiva para a fabricação de linguiças congeladas de 1 quilo e 5 quilos. A produção atual será dobrada de 70 toneladas diárias para 140 toneladas por dia.

Emprego. Com as medidas anunciadas ontem, a BRF deve criar 270 novos postos de trabalho. Com isso, a unidade deve saltar dos atuais 4.199 mil funcionários para 4.469 mil funcionários. As obras de ampliação da fábrica em Videira começam a ser entregues em nove meses, com conclusão total prevista para o prazo de um ano.

Além de salsicha e linguiça, a fábrica também produz outros itens diversos, como mortadela, apresuntado e defumados de suínos e aves.

A unidade atende o mercado interno e também é usada para exportação dos produtos para Europa, Canadá, África, Oriente Médio e países da América do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.