Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Brics criticam ideia de que Europa é dona do cargo

Os diretores executivos do FMI que representam os Brics emitiram um comunicado conjunto ontem em que criticam a escolha de diretor-gerente com base em nacionalidade, o que, para eles, "mina a legitimidade do Fundo". Os Brics são o grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Fernando Dantas, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2011 | 00h00

O comunicado chama a atenção para "o papel crescente dos países em desenvolvimento na economia global", e lembra que diversos acordos internacionais demandaram um processo de seleção do diretor-gerente do FMI que seja "verdadeiramente transparente, baseado no mérito e competitivo".

"Nós estamos preocupados com as declarações públicas feitas recentemente por altas autoridades europeias no sentido de que a posição de diretor-gerente continue a ser ocupada por um europeu", escreveram os diretores que representam os Brics no Fundo.

A declaração conjunta também recomenda que o próximo diretor-gerente "continue o processo de mudança e reforma da instituição de forma a adaptá-la as realidades da economia global".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.