finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Brinquedo é alvo de recall por conter substância ligada a droga

Cinco crianças foram levadas a hospitais depois de engolir miçangas do briquedo, que é distribuído no Brasil

08 de novembro de 2007 | 09h50

Milhões de brinquedos fabricados na China foram recolhidos nos Estados Unidos e na Austrália depois de ser constatado que eles continham uma substância ligada à droga GHB, usada em estupros facilitados por drogas em um golpe conhecido como "Boa Noite Cinderela", segundo a BBC Brasil. Cinco crianças foram levadas a hospitais depois de engolir pequenas miçangas conhecidas como Bindeez, na Austrália e Aqua Dots, nos Estados Unidos. As contas são recobertas com substâncias que se transformam na droga GHB (ácido gama-hidroxibutírico, um poderoso sedativo, que é ilegal) quando engolidas. No Brasil, os brinquedos Bindeez são distribuídos pela Long Jump.Este é o mais recente de vários episódios envolvendo a preocupação com a segurança de produtos fabricados na China. O fabricante americano de brinquedos Mattel realizou um recall de mais de 20 milhões de produtos manufaturados na China neste ano. As miçangas são um brinquedo extremamente popular nos dois países. Em 2007, Bindeez foi escolhido como "O Brinquedo do Ano" na Austrália. As centenas de contas de cores vivas podem ser dispostas para tomar a forma que a criança desejar e ficam unidas quando borrifadas com água. As miçangas deveriam ser revestidas com uma cola não-tóxica, mas descobriu-se que um lote na Austrália foi recoberto com uma substância que não seguia a fórmula aprovada. Na Austrália, três crianças foram hospitalizadas nas últimas duas semanas depois de terem engolido as contas. Elas já se recuperaram mas o brinquedo foi proibido no país. Nos Estados Unidos, duas crianças foram afetadas, de acordo com a Comissão de Segurança de Produtos ao Consumidor. Cerca de 4,2 milhões de unidades serão recolhidas nos Estados Unidos e cerca de um milhão na Austrália. O fabricante australiano Moose Enterprises disse que os brinquedos foram produzidos em uma fábrica na província de Cantão, no sul da China. Segundo a empresa, as contas Bindeez serão, no futuro, recobertas com "um ingrediente de gosto muito ruim" para garantir que as crianças não as comam.

Tudo o que sabemos sobre:
mattelbrinquedorecalldesculpas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.