Britânicos em missão no Brasil prometem investimentos

Uma missão empresarial inglesa, composta por 40 executivos de 26 empresas de diversos setores da região de East Midlands no Reino Unido, encerrou nesta sexta-feira, 9, as reuniões mantidas ao longo da semana no Brasil. Segundo o cônsul-geral britânico adjunto, Clive Allcon, a maior parte das empresas identificou parceiros para negócios ou oportunidades comerciais. "Algumas já realizaram pedidos de compra", afirma.Os representantes da missão, denominada "Go Brazil", não quiseram dar detalhes das negociações, mas afirmaram que os empresários ingleses devem promover investimentos nos setores de meio ambiente - na área de recuperação de solos contaminados - de transporte, de biotecnologia, de design e de engenharia. Os executivos tiveram reuniões comerciais com atuais e novos parceiros comerciais. "Eles planejam voltar ao Brasil para prosseguir as negociações e concretizar negócios, alguns devem retornar já no mês de maio."Segundo diretor de comércio internacional da UK Trade & Investment, da região, Peter Hogarth, uma nova política governamental está sendo executada pelo governo inglês de investimentos em outros países e o Brasil é um deles. Ele explica que as empresas que estão participando da missão não tinham muito conhecimento do Brasil. "A estratégia comercial do governo do Reino Unido classificou o Brasil como um mercado prioritário e tem incentivado empresários a buscar negócios aqui. Além da China e da Índia, também identificamos no Brasil um País com possibilidades de negócios."As empresas que integraram a missão são de setores de aeroespaço, agricultura, bioquímica, educação e treinamento, energia, engenharia, meio ambiente, saúde, TI e software, entre outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.