British Airways e Iberia planejam aprofundar aliança

A British Airways PLC disse que está confiante em que os reguladores da União Européia vão aprovar sua planejada aliança com a companhia aérea espanhola Iberia S/A. As duas empresas anunciaram hoje planos de aprofundar sua aliança, num projeto que prevê serviços de compartilhamento de rotas, programas coordenados de vendas e anúncios e desenvolvimento de programas de vôos. "Eu estou bastante confiante de que temos uma boa história para contar às autoridades que regulam a concorrência", disse Andrew Cahn, diretor de assuntos industriais e governamentais da British Airways. "Estamos numa posição completamente diferente da Air France Group e da Alitalia SpA." As concorrentes da British pediram à Comissão da União Européia imunidade antitruste sobre rotas entre a Itália e a França. No entanto, as duas têm posições dominantes nessas rotas e vão ter de renunciar a alguma participação de mercado para que a Comissão da UE aprove um acordo. "Nós estamos numa posição completamente diferente, pois há muitas operadoras em rotas do Reino Unido à Espanha", disse Cahn. "Essa é uma das rotas mais competitivas da Europa." Ele disse que a British e a Iberia têm menos de 60% de participação de mercado sobre as principais rotas Londres-Madri e Londres-Barcelona. As duas assinaram um acordo comercial para trabalharem juntas em serviços de rede globais, incluindo em rotas entre Reino Unido e Espanha onde a competição com companhias de baixas tarifas é acirrada. A British e a Iberia são membros da aliança One World, que também inclui a Qantas Airways Ltda e a Cathay Pacific Airways Ltda. A British também tem uma participação de 9% na operadora espanhola. A Alitalia e a Air France foram avisadas pela UE de que terão de permitir mais competidores em suas rotas antes de ganharem a imunidade antitruste. A British espera alcançar economias de custo significativas através do acordo, mas Cahn disse que é cedo demais para quantificá-las. As informações são da agência Dow Jones.

Agencia Estado,

19 de julho de 2002 | 15h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.