Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

British Airways sai de prejuízo para lucro

A British Airways PLC (BA), maior companhia aérea da Europa, voltou a registrar lucro no ano financeiro até 31 de março de 2003, com um resultado positivo líquido de 72 milhões de libras esterlinas (US$ 44 milhões), em relação ao prejuízo de 142 milhões de libras esterlinas em 2002. O lucro antes de impostos e itens extraordinários de 135 milhões de libras esterlians (US$ 82,4 milhões), ante um prejuízo de 200 milhões de libras esterlinas em igual período do ano passado. A receita declinou 8% para 7,7 bilhões de libras financeiras no período (US$ 4,7 bilhões), de 8,3 bilhões de libras esterlinas em 2002. A companhia prevê que o cenário comercial continuará desafiador em 2003/04 antes de uma recuperação econômica e afirmou que é difícil fazer uma previsão sobre a receita diante de um contínuo enfraquecimento da economia, a Síndrome Respiratória Severa Aguda (Sars) e os desenvolvimentos no Oriente Médio, porém disse que a perspectiva é que a receita no primeiro trimestre será menor do que no ano passado. A melhora do lucro operacional reflete iniciativas de redução de custos, em particular, o programa de reestruturação "Future Size and Shape". A British reduziu sua frota para 330 aviões durante o ano e disse que está a caminho para alcançar sua meta de corte de 13.000 empregos até setembro. A redução de custos também ajudou o balanço patrimonial, com a dívida líquida declinando para 5,15 bilhões de libras esterlinas (US$ 3,14 bilhões).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.