Paulo Liebert/Estadão
Paulo Liebert/Estadão

coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Brookfield fica com o controle da Renova

O negócio envolverá a aquisição de toda a participação da Light na Renova, além da injeção de R$ 800 milhões na companhia

O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2017 | 00h26

A gestora canadense Brookfield Asset Management acertou a compra do controle da Renova Energia, empresa de geração renovável da mineira Cemig e da Light, disse uma fonte a par do assunto à Reuters.

O negócio envolverá a aquisição de toda a participação da Light na Renova, além da injeção de R$ 800 milhões na companhia, diluindo os demais acionistas. A Light tem hoje 20,3% da empresa, enquanto a Cemig detém 44,2%. O valor de mercado da Renova é de cerca de R$ 1 bilhão.

Segundo a fonte, a Brookfield será responsável pela gestão da Renova. “O negócio foi concluído e vai ser aprovado na próxima reunião do conselho de administração da Renova e dos controladores”, disse a fonte. A reunião está prevista para a próxima semana. Procurada, a Brookfield não comentou. Renova, Cemig e Light não responderam aos pedidos de entrevista. /REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
Cemig

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.