Brown e Sarkozy pedem criação de imposto sobre bônus bancários

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, defenderam a criação de um imposto excepcional sobre os bônus globais de bancos.

REUTERS

09 de dezembro de 2009 | 22h54

Na coluna conjunta publicada na edição de quinta-feira do Wall Street Journal, Sarkozy e Brown também propuseram uma maior coordenação das políticas econômicas para corrigir os desequilíbrios globais, e disseram que essa coordenação deve garantir que a volatilidade da taxa de câmbio não ameace a recuperação.

"Nós acreditamos que um imposto excepcional sobre os bônus pagos deve ser considerado como uma prioridade, já que os bônus para 2009 são, em parte, o resultado do apoio do Estado para o sistema bancário", dizia o texto em francês da coluna obtido pela Reuters.

Eles também disseram que cada país deve desempenhar o seu papel na redução dos desequilíbrios globais.

"Temos de reforçar a coordenação em nível global, de forma que a volatilidade da taxa de câmbio não ameace a recuperação", disseram.

(Reportagem de Sophie Hardach e Yann Le Guernigou)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROIMPOSTOSARKOZYBROWN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.