BrT oficializa afastamento do Opportunity

A Brasil Telecom S.A. acaba de oficializar o encerramento da assembléia geral extraordinária (AGE) que afastou os membros do Opportunity do seu conselho de administração. Fundos de pensão e Citigroup assumem a gestão do negócio. Apesar do tumulto de ontem, com diversas decisões na Justiça, a reunião para as alterações foi tranqüila e durou cerca de 30 minutos.Logo após as decisões, dadas as surpresas de última hora que são comuns neste caso, as fundações já documentaram a eleição dos novos conselheiros e enviaram comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e à Bovespa, de dentro da sala de reuniões, com tecnologia Wi-Fi. Conforme adiantado, Sérgio Spinelli assumiu a presidência do colegiado e Pedro Paulo de Campos, a vice-presidência. A Telecom Itália manteve seus representes. O conselho da operadora ficou composto da seguinte forma: Sergio Spinelli Silva Junior, Pedro Paulo Elejalde de Campos, Elemér André Surányi, Fabio de Oliveira Moser, André Urani e Jorge Luiz Sarabanda da Silva Fagundes como membros titulares; e Alberto Ribeiro Guth, Marcel Cecchi Vieira, Renato Carvalho do Nascimento, Adriana Duarte Chagastelles, Carmen Sylvia Motta Parkinson e Célia Beatriz Padovan Pacheco como respectivos suplentes. A realização desta assembléia encerrou um ciclo iniciado em 10 de março deste ano, quando o Citigroup anunciou a destituição do grupo de Daniel Dantas da gestão do CVC estrangeiro e selou um acordo de venda e voto conjunto com os fundos de pensão - que já tinham afastado o banqueiro em 2003. A última medida que resta agora é a troca da diretoria executiva da operadora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.