finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BSCH prevê que lucro na AL atinja US$ 1,5 bi

O Banco Santander Central Hispano (BSCH) informou que o lucro líquido de suas operações na América Latina deve atingir US$ 1,5 bi em 2001, superando em 48,5% o resultado de US$ 1,01 bi registrado no final de 2000. O BSCH também previu que seu retorno sobre o patrimônio deverá ser de 25% em 2001, do nível atual de 20%. Atualmente, a instituição espanhola detém uma fatia de 10% do mercado latino-americano. "Vamos consolidar nossas aquisições neste ano", disse o co-presidente do BSCH, Emilio Botin. No ano passado, o banco comprou os bancos Serfin, do México, Banco de Caracas, da Venezuela, e o Conglomerado Financeiro Meridional e o Banespa, no Brasil. Em relação ao Banespa, Botin espera que o banco registre lucro líquido de US$ 750 mi em 2003. O BSCH surpreendeu o mercado quando ofereceu R$ 7,05 bi, em novembro, para adquirir 60% das ações com direito a voto no Banespa, o oitavo maior banco do país. A oferta representou um prêmio de 281% sobre o valor mínimo de R$ 1,85 bi fixado para o leilão da instituição. "O Banespa está indo melhor do que esperávamos", disse Botin. As informações são da agência Dow Jones e AE.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.