BTG Pactual eleva Brookfield para ‘neutra’, mas reduz preço-alvo

Analistas do BTG Pactual Group liderados por Marcello Milman elevaram a recomendação para as ações da Brookfield Incorporações para "neutra", mas cortaram o preço-alvo por ação para 4,20 reais, de 4,30 reais anteriormente.

Reuters

17 de dezembro de 2012 | 12h14

Segundo o relatório, embora o fluxo de caixa e as perspectivas de lucro continuem pouco empolgantes, as razões que motivaram a recomendação anterior de venda parecem estar, em sua maioria, reduzidas, após a queda das ações nos últimos meses.

Para Milman, a redução dos volumes de lançamento da Brookfield, combinado com margens brutas ainda baixas e uma recente oferta de ações, "provavalmente continuarão pesando no resultado de médio prazo da companhia".

(Por Guillermo Parra-Bernal)

Tudo o que sabemos sobre:
CONSTRUCAOBROOKFIELDRECOMENDACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.