finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Burger King começará a operar na Índia

O Burger King formou uma joint venture com o Everstone Group e começará a operar na Índia, apesar de ainda não ter decidido quantas lojas abrirá no país ou se venderá hambúrgueres de carne de vaca e de porco no país de maioria hindu e muçulmana.

AE, Agencia Estado

20 de novembro de 2013 | 04h21

A Índia representa uma grande oportunidade para o Burger King, que está tentando atrair consumidores para além de sua base de jovens adultos. Os EUA e o Canadá continuam como os principais mercados da rede de alimentos fast-food, com mais de 7.400 restaurantes e mais de 13.000 ao redor do mundo.

Outras redes já entraram no mercado indiano, como o McDonald''s, o KFC, o Taco Bell e a Domino''s Pizza. O McDonald''s, que entrou na Índia em 1996 e tem mais de 300 restaurantes, se adaptou aos costumes locais e deixou de produzir carne de vaca e de porco.

A Índia tem se mostrado um mercado atrativo para redes de fast-food devido à grande população de jovens, que são tipicamente mais abertos a novos tipos de alimentos, especialmente se eles forem relativamente baratos.

No último ano, a Starbucks também entrou na Índia através de uma joint venture com o conglomerado indiano Tata Group, assim como a Dunkin'' Brands Group abriu a primeira loja no país no ano passado em conjunto com um parceiro local. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiaBurger King

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.