Burocracia e gestão pública serão tema de debate nesta quarta-feira

Grupo Estado promove mais um seminário da série ‘Fóruns Estadão Brasil Competitivo’

O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2013 | 02h06

Obras atrasadas, licitações que não atraem investidores e outros problemas que emperram o desenvolvimento do Brasil podem ser explicados por falhas de gestão pública e excesso de burocracia. Para debater esses aspectos da política econômica, o Grupo Estado promove nesta quarta-feira, 25, mais um seminário da série "Fóruns Estadão Brasil Competitivo".

O debate reúne especialistas e representantes da administração pública para avaliar como melhorar a gestão de projetos, obras e administração pública no Brasil.

A desistência de grandes empresas petrolíferas em participar do leilão do campo de Libra, no pré-sal, a falta de interessados no leilão de rodovias federais e o atraso na obra de duplicação da rodovia Régis Bittencourt, entre São Paulo e Curitiba, são alguns dos temas.

Outras questões que envolvem gestão são estradas e ferrovias vitais para o escoamento de safras que nunca ficam prontas, hidrelétricas que enfrentam restrições ambientais e empreendimentos que acabam ficando muito mais caros do que nos planos originais.

O primeiro painel tratará o tema "burocracia, controle de gestão de grandes projetos: como aumentar a eficiência". Participam o presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base, Paulo Godoy; o presidente da Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, Luiz Alberto Kuster; e o economista do Ipea Mansueto de Almeida.   No segundo painel, cujo tema serão "os desafios e a agenda para melhorar a governança e a eficiência da gestão pública", participam José Paulo Silveira, diretor associado da Macroplan; e Rof Kuntz, jornalista do Estadão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.