Burocracia impede expansão de ferrovias, diz Fortes

O presidente da Comissão de Infra-Estrutura do Senado, Heráclito Fortes (PFL-PI) afirmou que os principais entraves para a expansão da malha ferroviária do País são "burocráticos". Em seminário sobre "Os entraves das ferrovias brasileiras", promovido pela Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF), Fortes disse que as Parcerias Público Privadas (PPPs) podem ser o caminho para alavancar investimentos no setor. "Mas o governo precisa colaborar e colocar as PPPs em prática", disse.Ele destacou que ao menos três projetos ferroviários já estão, inclusive, listados pelo governo como futuras PPPs: o trecho norte do Ferroanel de São Paulo, o desvio ferroviários entre Guarapuava e Ipiranga, no Paraná, e a variante (redução do traçado de uma ferrovia mais antiga, transformando trechos curvilíneos em retas) da Serra do Tigre, em Minas Gerais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.