Busca das empresas por crédito cai pela 4ª vez, mostra Serasa

Para pesquisadores, o resultado indica que a situação do crédito das companhias ainda não foi restabelecida

Fabrício de Castro, Agência Estado

14 de dezembro de 2009 | 10h49

A busca das empresas por crédito recuou 4,2% em novembro na comparação com outubro, segundo o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito, divulgado nesta segunda-feira, 14. Esta foi a quarta queda seguida do índice, de acordo com a empresa de análise de crédito Serasa Experian.

 

Para os analistas da Serasa Experian, o resultado indica que a situação do crédito para empresas ainda não foi restabelecida. Em relação ao observado no fim de 2008, a situação é um pouco melhor. Em novembro, a demanda por crédito entre as empresas subiu 0,4% ante o mesmo mês de 2008.

 

Esta foi a primeira variação positiva em 2009 na comparação anual. No acumulado de 2009 até novembro, o indicador registra uma queda de 5,1% em relação ao mesmo período de 2008. Apesar da baixa, este é o melhor resultado acumulado obtido este ano.

 

Porte das empresas

 

Conforme a Serasa Experian, as médias empresas registraram os piores resultados em novembro. A procura por crédito no mês caiu 4,4% em relação a outubro e 6,1% ante novembro do ano passado. No caso das micro e pequenas empresas, a queda foi de 4,3% em relação a outubro. Na comparação com novembro do ano passado, porém, as empresas menores registraram alta de 0,8% na busca por crédito.

 

As grandes empresas continuam sendo o destaque. De outubro para novembro, a demanda por crédito entre elas cresceu 0,9%, o que representou o sétimo avanço mensal seguido. Na comparação entre novembro e o mesmo mês do ano passado, quando os efeitos na crise econômica eram sentidos com mais intensidade no Brasil, a alta foi de 12,7%.

 

Regiões

 

Considerando as diferentes regiões do País, a demanda por crédito somente foi positiva no Nordeste em novembro (alta de 1,8%). O Norte (-2,1%), o Centro-Oeste (-4,9%), o Sudeste (-5,5%) e o Sul (-5,8%) registraram baixas. A pesquisa leva em conta uma amostra de cerca de 1,2 milhão de CNPJs, e a Serasa Experian analisa especificamente as transações que configuram alguma relação de crédito entre empresas e instituições financeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
créditoSerasaempresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.