Bush anuncia hoje pacote fiscal

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, anuncia hoje uma série de medidas "de curto prazo e temporárias" para estimular a economia norte-americana, informou ontem o porta-voz da Casa Branca, Tony Fratto. "Amanhã (hoje) serão propostas medidas efetivas, temporárias, de crescimento e (Bush) exporá os princípios sobre os quais devem ser efetivadas", afirmou. O discurso em que Bush deve fazer o anúncio está previsto para começar às 14 horas (horário de Brasília). Segundo Fratto, o governo entende que o estímulo é necessário "para ajudar a economia a atravessar este momento?. O porta-voz advertiu que não se deve esperar o anúncio de cifras do pacote, que certamente precisará ser aprovado pelo Congresso. "(Bush) falará de princípios, dos tipos de políticas que pensa que serão efetivas?, disse Fratto. "É muito cedo para dizer que será um pacote definitivo".O presidente dos EUA discutiu o assunto com lideranças do Congresso. Segundo fontes não identificadas citadas por agências internacionais, ele defendeu reduções de impostos sobre a renda de pessoas físicas e isenções tributárias a empresas. De acordo com as agências, Bush cedeu aos democratas e concordou em adiar a campanha para tornar permanentes os cortes de impostos adotados em 2001. As informações são com agências internacionais e do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.