Bush apóia decisão do Fed e diz que enfrenta desafio

O presidente norte-americano George W. Bush deu garantias hoje de que os mercados financeiros continuarão funcionando, acrescentando que o governo dos EUA está atento à situação. "Uma coisa é certa, enfrentamos um momento de desafio", disse Bush a repórteres após se reunir com seus principais assessores econômicos. "Os Estados Unidos estão monitorando a situação."Bush disse apoiar a ação do Federal Reserve (Fed, banco central do país), ao comentar sobre as medidas tomadas ontem pelas autoridades monetárias e a compra do banco de investimentos Bear Stearns pelo JPMorgan. "O Fed moveu-se rapidamente para colocar os mercados financeiros em ordem", afirmou. Em reunião emergencial, o BC americano decidiu reduzir a taxa de juros do redesconto (linha de empréstimos de emergência aos bancos) em 0,25 ponto porcentual, para 3,25% ao ano.O presidente dos EUA disse ainda que as "instituições financeiras norte-americanas são sólidas e que os mercados de capitais funcionam eficientemente e efetivamente". As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.