finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bush deve anunciar plano para amenizar crise imobiliária

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, deve divulgar hoje um plano para lidar com a crise imobiliária, segundo informou o The Wall Street Journal. De acordo com o jornal, citando altos funcionários da administração, Bush irá revelar uma série de mudanças nas políticas e recomendações para ajudar os tomadores de empréstimos a evitarem a inadimplência. No mercado de câmbio em Londres, comenta-se que as medidas serão anunciadas ao meio-dia (de Brasília), uma hora após o discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Ben Bernanke.Entre as medidas estará uma mudança administrativa que permite a Administração de Imobiliária Federal (Federal Housing Administration), que emite seguros de hipotecas para tomadores de empréstimos de média e baixa renda, a garantir empréstimos para inadimplentes. A medida visa ajudar os tomadores de empréstimos que estão com os pagamentos atrasados por mais de 90 dias mas que ainda vivem em suas residências a evitarem a execução das hipotecas. Desta maneira, as garantias ajudam os proprietários de imóveis ao lhes permitir o refinanciamento a taxas mais favoráveis.O presidente dos EUA também irá pedir ao Congresso para suspender temporariamente uma provisão de imposto que tem pesado sobre os proprietários de imóveis com faturas de imposto. Bush ainda vai anunciar uma iniciativa, que será tomada conjuntamente com os Departamentos do Tesouro e de Desenvolvimento Imobiliário e Urbano, para identificar pessoas que correm o risco de virarem inadimplentes nos próximos dois anos. Bush quer que os órgãos trabalhem junto a fornecedores de empréstimos, seguradoras e outras instituições para desenvolver novos produtos de empréstimos mais favoráveis a estes tomadores de empréstimos."O presidente quer que o maior número possível de proprietários de imóveis que poderão ficar em suas casas com um pouco de ajuda possam mantê-las", disse um alto funcionário da administração Bush. "Nós não queremos uma operação de resgate da indústria ou de Wall Street. O foco aqui é no proprietário de imóveis", acrescentou. Segundo ele, Bush está instruindo o secretário do Tesouro, Henry Paulson, a examinar o problema no setor imobiliário, descobrir o que aconteceu e determinar quais as mudanças regulatórias ou mudanças nas políticas são necessárias para evitar que isto ocorra novamente. As informações são da Dow Jones.

CAROLINA RUHMAN, Agencia Estado

31 de agosto de 2007 | 08h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.