finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bush diz que reunião do G-20 marca início de dialogo

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse que a reunião do G-20 foi bem sucedida e marca o início de um diálogo entre líderes mundiais para resolver a crise financeira. "Uma reunião não vai resolver os problemas mundiais", disse Bush em rápida declaração após o final da reunião do G-20, no sábado. Ele acrescentou que a reunião marca o início de um processo em relação à crise financeira "que tornará menos provável que isso aconteça no futuro".Bush disse que, durante a reunião, discutiu-se a necessidade de sistemas regulatórios mais eficientes em todo o mundo, reformas das regulações financeiras e o desejo de se evitar respostas protecionistas à crise, entre outros assuntos. O presidente, cujo segundo mandato termina em janeiro, disse que irá trabalhar "incansavelmente" para garantir que a transição de governo ocorra sem problemas. Bush disse também que a equipe de liderança do presidente eleito Barack Obama foi informada dos objetivos da reunião do G-20. As informações são da Dow Jones.

ANGELO IKEDA, Agencia Estado

15 de novembro de 2008 | 18h33

Tudo o que sabemos sobre:
G-20Bushcrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.