Bush: dólar fraco prejudica compra de energia

O presidente dos EUA, George W. Bush, disse que gostaria, "absolutamente", de ver o dólar mais forte. "Nosso dólar já não compra tantos barris de petróleo como costumava fazer, e então, portanto, ele é mais caro para o povo americano. E é por isso que eu sou a favor de um dólar forte, uma razão", afirmou Bush em entrevista ao programa Informe Noturno sobre Negócios, da rede pública de televisão PBS.Para Bush, a queda do dólar frente ao euro "não é uma boa notícia, se você é a favor de um dólar forte, como eu sou". Ele acrescentou que "temos um dólar que está se ajustando, e eu sou a favor de um dólar forte" e que "há certas coisas que nós podemos fazer. Podemos enviar sinais ao mundo de que seu capital é bem-vindo nos EUA, de que vamos combater o protecionismo e de que vamos lidar com isso - você sabe, o dólar se fortalecia quando as pessoas percebiam a vitalidade relativa de nossa economia. E uma das coisas que as pessoas estão acompanhando com cuidado é se o governo dos EUA vai implementar políticas para estimular o crescimento sem afetar o crescimento no longo prazo". As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.