Bush elogia ações 'ousadas' da Europa contra a crise

O presidente dos EUA, George W. Bush, elogiou as medidas que a Europa está tomando para conter a crise financeira, enquanto o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, indicou que os líderes das nações mais ricas do mundo vão convocar uma reunião de emergência nas próximas semanas. "Eu saúdo as ousadas e específicas ações tomadas pelas nações européias em seguida ao plano de ação do G-7 (grupo das sete nações mais industrializadas do mundo)", afirmou Bush em uma aparição conjunta com Berlusconi no jardim da Casa Branca. "Os Estados Unidos também estão agindo e vão continuar implementando medidas consistentes com o plano de ação do G-7", disse o presidente norte-americano. "Esses são momentos difíceis para nossas economias, mas podemos ficar confiantes de que conseguiremos trabalhar para superar esses desafios." Berlusconi, por sua vez, afirmou que Bush "expressou intenção" de fazer uma reunião especial entre os líderes do G-7 e da Rússia "nas próximas semanas". "Eu concordo absolutamente com ele", disse o presidente italiano. Bush não falou sobre o assunto e nenhum dos dois respondeu a perguntas. A Casa Branca tem afirmado que "está aberta" a participar de uma reunião de emergência do G-7, mas não apoiou oficialmente a proposta, que foi lançada pela primeira vez na semana passada pelo presidente da França, Nicolas Sarkozy. Berlusconi chegou a Washington depois da reunião de emergência entre os líderes europeus, realizada no domingo em Paris. Após a reunião, os governos revelaram uma série de medidas dramáticas para lidar com a crise dos mercados de crédito. As informações são da Dow Jones.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

13 Outubro 2008 | 15h15

Mais conteúdo sobre:
crise Europa Bush

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.