Bush escolhe Wolfowitz para chefiar o Banco Mundial

O presidente dos EUA, George W. Bush, indicou o vice-secretário de Defesa, Paul Wolfowitz, para assumir a presidência do Banco Mundial (Bird). Bush afirmou que o vice do secretário de Defesa, Donald Rumsfeld, é um homem compassivo e decente que fará um bom trabalho no Banco Mundial.A administração norte-americana começou a informar outros países de que Wolfowitz é a escolha dos EUA para o posto. Atualmente, a Presidência do Banco Mundial é ocupada por James Wolfensohn, que vai sair do posto em 1 de junho após um mandato de cinco anos.A chefia do Bird tem sido tradicionalmente ocupada por um americano, enquanto a presidência do Fundo Monetário Internacional é ocupada por um europeu.Wolfowitz, de 61 anos, está no Departamento de Defesa desde março de 2001. Considerado mais acadêmico do que seu chefe, Wolfowitz foi um dos mais forte na defesa dos argumentos de que o ex-presidente do Iraque, Saddam Hussein, tinha armas de destruição em massa. Segundo ele, os americanos seriam vistos como libertadores e não invasores que tiraram Saddam do poder.O conselho de 24 membros do Banco Mundial deve votar, em breve, a escolha de Wolfowitz. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.