Bush está otimista sobre acordo para pacote econômico

O presidente dos EUA, George W. Bush, disse que está otimista quanto a um acordo entre a Casa Branca e os congressistas a respeito do pacote "pró-crescimento" para impedir "a força inerente" da economia dos EUA de escorregar para uma recessão. "Eu acredito que podemos encontrar um denominador comum para fazer algo que seja suficientemente grande e eficaz para que a economia, que é inerentemente forte, ganhe um impulso, e garantir que esta incerteza não vai se traduzir em mais preocupação econômica para nossos trabalhadores e pequenos empresários", disse Bush antes de um encontro com congressistas dos partidos Republicano e Democrata em seu gabinete. Na sexta-feira, Bush anunciou os princípios de um plano para dar impulso ao crescimento econômico, dizendo que deveria somar um total ao redor de 1% do PIB e incluir um alívio fiscal para consumidores e isenções para empresas. Contudo, até agora, o presidente não levantou questões ou discutiu pontos específicos do pacote de estímulo fiscal. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.