Bush pede que americanos economizem gasolina

O presidente George W. Bush pediu que os americanos economizem gasolina, devido às perturbações no setor causadas pela passagem do furacão Katrina. "Os americanos devem ser prudentes no consumo de energia nas próximas semanas. Não comprem gasolina se não precisarem", disse Bush na Casa Branca, advertindo que o processo de reconstrução será longo.Segundo a Air Transport Association, os danos provocados pelo Katrina reduziram em 13% a produção americana de querosene, ameaçando as companhias aéreas de ficarem sem combustível.Além disso, os analistas citam informações da Guarda Costeira americana segundo as quais 20 torres de perfuração sumiram na passagem do furacão. Segundo o Departamento de Energia, a refinaria de Port Fourchon na Louisiana sofreu sérios danos.Na noite de quarta-feira, mais de 90% da produção de petróleo cru do Golfo do México, responsável por um quarto do consumo nos Estados Unidos, continuava parada: nove refinarias estão fechadas e quatro funcionam a meia capacidade. O mercado financeiro está mais preocupado com o refino e uma possível escassez de gasolina do que com a falta de petróleo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.