Bush prepara plano de ajuda para hipotecas, diz 'Post'

Presidente quer abrir refinanciamento a milhares de proprietários que correm o risco de execução hipotecária

Reuters

29 de março de 2008 | 09h58

A administração Bush está finalizando um plano para socorrer milhares de proprietários que estão diante da possibilidade de execução hipotecária, ajudando-os a refinanciar os empréstimos em condições mais favoráveis, noticiou o jornal The Washington Post em sua edição deste sábado. A proposta visa a auxiliar os tomadores de empréstimo que devem aos bancos mais do que suas casas valem agora com a queda dos preços das moradias em razão da crise americana, informou o Post, citando fontes não-identificadas do governo. Se colocado em prática, essa seria a primeira vez que a Casa Branca comprometeria recursos federais para ajudar os tomadores de financiamento mais pressionados. Veja também:Cronologia da crise financeira  Entenda a crise nos Estados Unidos   O sobe e desce do dólar Veja os efeitos da desvalorização do dólar Pelo plano, a Administração Federal de Moradias (FHA, na sigla em inglês) irá encorajar os financiadores a perdoar uma parte de seus empréstimos e realizar novos e menores financiamentos em troca de garantias do governo norte-americano. Dois importantes parlamentares democratas propuseram um programa similar recentemente para expandir a FHA de modo que ela possa absorver mais hipotecas com problemas uma vez que os financiadores tenham eliminado parte do montante do empréstimo. Autoridades da administração Bush disseram ao Post acreditar que possam alcançar alguns dos mesmos objetivos por meio de mudanças regulatórias, embora detalhes importantes precisem ser acertados. O plano poderia reduzir as críticas dos democratas, que dizem que o governo até agora tem se preocupado mais em ajudar Wall Street do que aqueles que estão perdendo suas casas com a crise, que ameaça levar a economia a uma recessão profunda. Mas pode agitar os conservadores, que podem ver o programa como outro socorro financeiro do governo.

Tudo o que sabemos sobre:
George W. Bushcrise nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.