Bush revoga perdão concedido a empreendedor

Presidente dos EUA reverte decisão anunciada um dia antes.

Da BBC Brasil, BBC

25 Dezembro 2008 | 06h42

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, decidiu revogar o perdão que havia concedido um dia antes a um empreendedor imobiliário de Nova York.Isaac Robert Toussie, condenado por fraude e por dar declarações falsas a um departamento do governo tinha sido uma das 19 pessoas agraciadas com o perdão presidencial na terça-feira.Mas, na quarta-feira, em uma atitude extremamente rara na história americana, a Casa Branca anunciou que Bush estava revisando o perdão por causa de novas informações sobre Toussie.Entre elas, estariam detalhes sobre seus crimes e doações políticas feitas pelo seu pai.A porta-voz da Casa Branca Dana Perino disse que a decisão de revogar o perdão foi baseada em "informações que vieram à tona subseqüentemente".Ela disse ainda que o presidente e seus assessores não tinham estado a par de supostas contribuições feitas pelo pai de Toussie que "poderiam passar uma impressão de impropriedade".A revogação veio depois de uma reportagem publicada no jornal Daily News, de Nova York, que diz que o pai de Tousie, Robert Toussie, teria doado US$ 28.500 ao Comitê Nacional Republicano em abril passado.A imprensa americana também divulgou que Toussie teria sido levado à Justiça acusado de enganar clientes de baixa renda vendendo-lhes imóveis de baixa qualidade com custos extras escondidos.Toussie se declarou culpado em 2001 de acusações de fraude e de dar declarações falsas ao Departamento de Desenvolvimento Urbano e Habitação.Ele foi condenado em 2003 a cinco meses de prisão, cinco meses de prisão domiciliar e três anos de liberdade condicional.Correspondentes dizem que a questão dos perdões presidenciais tem ficado cada vez mais politizada e espinhosa.Em 2001, um comitê do Congresso investigou o perdão concedido em final de mandato pelo presidente Bill Clinton ao financista bilionário Marc Rich, depois da revelação de que a ex-mulher de Rich tinha feito doações ao Partido Democrata.Mas este perdão foi mantido.Bush concedeu um número bem inferior de perdões do que Clinton e o presidente Ronald Reagan.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.