Bush vai pedir a sauditas maior produção de petróleo

O presidente dos EUA, George W. Bush, disse hoje que pedirá que a Arábia Saudita produza mais petróleo - Bush visitará a região nesta semana -, mas tentou conter qualquer expectativa de alívio nos preços da gasolina nas bombas de postos de combustíveis."Claro que vou levar o assunto a eles (sauditas)", disse o presidente americano em entrevista à CBS Radio. Ele também declarou: "A demanda por petróleo é muito elevada em relação ao fornecimento nestes dias em que não há muita capacidade relativa".A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) não foi receptiva a pedidos anteriores do governo americano por mais produção. O próprio Bush fez pedido neste sentido em janeiro. Desde então, os preços da commodity já subiram 28% e chegaram a US$ 126,00 por barril.Bush afirmou não estar surpreso com preços de energia tão elevados, mas lamentou o impacto sobre os consumidores. "Leva um tempo para nos adaptarmos a esta situação de fornecimento apertado e demanda alta e também levará um tempo para sairmos dela", afirmou o presidente, renovando os pedidos por aumento da produção doméstica de combustíveis. Ele disse que a economia americana, cujo crescimento anual foi de 0,6% no primeiro trimestre, teria tido desempenho "muito melhor" se não fossem os elevados preços dos combustíveis. "Isto é uma grande maldição porque esta economia estava indo bem, e agora temos esta questão imobiliária e esta questão da gasolina que tornam mais difícil a recuperação econômica", falou o presidente. "(A economia) está crescendo, não me interpretem mal. É positivo, mas poderia ser muito melhor com preços menores de gasolina", completou. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.