Bush veta lei agrícola, mas Congresso pode anular veto

Governo diz que a lei destina subsídios desnecessários aos produtores, no total de US$ 290 bilhões

Ana Conceição, da Agência Estado,

21 de maio de 2008 | 14h14

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, vetou a Farm Bill, lei agrícola americana aprovada pelo Congresso na semana passada, disse nesta quarta-feira, 21, o diretor de Orçamento da Casa Branca, Jim Nussle. O governo diz que a lei destina subsídios desnecessários aos produtores. A lei destina US$ 290 bilhões ao agronegócio americano.Como a Farm Bill foi aprovada por mais de dois terços dos votos na Câmara dos Representantes e no Senado, o Congresso dos EUA poderá anular o veto presidencial. "Se olharmos os votos, uma anulação é muito possível", comentou Dana Perino, porta-voz da Casa Branca. "Acredito que os parlamentares devam pensar sobre como explicarão a seus eleitores a aprovação da lei em uma época de preços agrícolas em alta", completou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise de alimentosEstados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.