Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Cabe totalmente ao Brasil decidir sobre acordo, diz o FMI

O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Horst Kohler, disse hoje que o organismo multilateral ?está pronto? para renovar um acordo com o Brasil. ?Cabe totalmente ao governo (brasileiro) decidir se quer continuar um programa ou não?, disse Kohler em entrevista coletiva. ?Eu acho que o governo já construiu uma considerável base de credibilidade, mas se ele quer falar conosco sobre um novo programa, estamos prontos.? Segundo ele, o FMI está ?profundamente impressionado com as conquistas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua equipe econômica nestes primeiros meses de governo?. Como exemplo desse quadro positivo, ele citou ?os decisivos cortes nas taxas de juros?. Kohler afirmou que ?o Brasil merece fazer disto uma história de sucesso para a América Latina e, obviamente, para o País?. ?Merece por causa da agenda do presidente e o FMI está comprometido a participar disso.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.