Cacau desafia os analistas em nova alta

Dólar em queda, petróleo em alta e um surto da praga podridão-parda ameaçando a produção na República dos Camarões - esses seriam todos motivos pontuais razoáveis para o forte avanço do cacau ontem em Nova York, de 2,56%. O mercado reconhece, porém, não haver fundamento para a valorização contínua. O cacau vem desafiando análises, já que, como commodity ''de luxo'', tende a ter demanda fortemente reduzida pela crise. Para os próximos dias,especialistas preveem - novamente - uma queda corretiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.