Cacciola foi transferido por ameaça de rebelião, diz MP

O ex-banqueiro Salvatore Cacciola foi transferido do Presídio Ary Franco, no Rio, para outra unidade prisional da capital fluminense "por haver ameaça concreta de rebelião que punha em risco sua integridade física e a ordem pública no Ary Franco", segundo nota divulgada pelo Ministério Público (MP) do Estado. De acordo com o MP, a informação partiu da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Procurada pela reportagem, a Seap não havia comentado a nota até a noite de hoje. Segundo o MP, a Seap "informou ainda que estaria sendo instaurada sindicância administrativa para averiguar irregularidades ocorridas durante o primeiro dia (de prisão)". O MP disse considerar a decisão "a mais adequada, para evitar o agravamento da situação".Cacciola pisou à 0h05 de hoje na Penitenciária Pedrolino Werling de Oliveira, mais conhecida como Bangu 8, na zona oeste da capital, considerada de segurança máxima pelo governo do Estado. Ele comeu feijoada na primeira refeição e está de uniforme (blusa branca e calça jeans, como todos os presos) numa cela coletiva com outros 32 detentos que também têm diplomas de curso superior, segundo a Seap.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.