Cadastramento de pré-pago vai até 18 de julho

O governo de São Paulo prorrogou até 18 de julho o prazo para recadastramento de telefones celulares pré-pagos, que terminaria no dia 19 de maio. A decisão foi tomada porque apenas 60% do total desses aparelhos existentes em todo o Estado foram recadastrados. O representante do governo paulista que está cuida do recadastramento, Felipe Soutello, disse que, encerrado o novo prazo, os usuários que não cumprirem a lei terão o aparelho bloqueado e pagarão uma multa de R$ 180. Ele pediu às pessoas para que procurem imediatamente as operadoras ou acessem a Internet para efetuar o recadastramento. Bastará ao interessado informar o nome completo, o endereço e os números da Carteira de Identidade e do CPF. A obrigatoriedade foi regulamentada pelo governador do Estado, Geraldo Alckimin, no dia 20 de fevereiro. A lei estadual 11.058 tem como objetivo dificultar a ação de criminosos que utilizam celulares para comandar seqüestros, extorsões, ameaças e rebeliões em penitenciárias. O cadastramento dos aparelhos pode ser realizado por telefone. O usuário do telefone deve entrar em contato com sua operadora. Os clientes da Telesp Celular podem realizar seu cadastro pela Internet (veja o link abaixo), nas lojas autorizadas, digitando *5000 do seu celular ou para o número 1404 em qualquer telefone fixo. Na BCP, os usuários devem procuras as lojas autorizadas ou ligar para *611 do seu celular ou para o telefone 5509-6955. O cliente da operadora terá de fornecer seu nome, endereço, número do RG e do CPF. Os usuários da Tess devem ligar para 9668, do celular, para (19) 9111-1777, ou acessar o site da operadora (veja link abaixo).

Agencia Estado,

10 de julho de 2002 | 07h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.