finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cade adia julgamento da venda de lojas da McDonald's

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) adiou o julgamento, previsto inicialmente para hoje, da operação de venda de 1.600 lojas da rede fast food McDonald''''s na América Latina ao empreendedor argentino Woods Staton. O adiamento foi decidido pelo relator do processo no órgão antitruste, Luiz Prado. Das 1.600 lojas, 544 funcionam no Brasil. Entre os sócios do negócio está a empresa Gávea Investimentos, do ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga. O argentino Woods Staton já era sócio da rede McDonald''''s na Argentina e supervisor das operações da rede no Uruguai, Chile e Paraguai.

ISABEL SOBRAL, Agencia Estado

09 de agosto de 2007 | 13h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.