Cade aprova 'coordenação' de negócios de BRF e Sadia no exterior

A Brasil Foods (BRF) informou nesta segunda-feira que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) autorizou a "coordenação de atividades" da companhia e da Sadia voltadas ao mercado externo no segmento de carnes in natura.

REUTERS

21 de setembro de 2009 | 20h04

Em um breve comunicado, a empresa não deu outros detalhes sobre as implicações dessa decisão do órgão antitruste sobre a companhia resultante da união entre Perdigão e Sadia.

No último dia 10, o copresidente do Conselho Administrativo da BRF, ex-Perdigão, Nildemar Secches, disse que a empresa ainda sofria no exterior com os efeitos da crise internacional, embora já tenha verificado uma retomada nas vendas no mercado interno, que responde pela maior parte do faturamento.

"Em termos de crescimento da organização, o mercado internacional está especialmente difícil (...) Ainda estamos buscando recuperar perdas de mercados internacionais que tivemos no início do ano", declarou Secches na ocasião.

(Texto de Cesar Bianconi)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSBRFCADE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.