Cade aprova por unanimidade compra da Reebok pela Adidas

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quinta-feira, por unanimidade de seus seis integrantes, a compra da empresa americana de artigos esportivos Reebok pela concorrente alemã Adidas. A operação foi realizada em agosto do ano passado e registrada em 12 países nos quais a Reebok e a Adidas atuam.O Brasil foi o último desses 12 países a aprovar a operação, disse o advogado das duas empresas, Marcelo Galhardo, fazendo referência à demora da tramitação e do julgamento, no Cade, dos processos relativos à defesa da concorrência no Brasil.A presidente do Cade, Elizabeth Farina, comentou, em defesa do Cade, que, neste caso específico da Reebok e da Adidas, existiam dúvidas quanto ao mercado relevante e ao impacto da operação no País. Essas dúvidas, segundo Farina, fizeram os técnicos analisar com mais cautela a operação.

Agencia Estado,

06 de julho de 2006 | 16h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.