Cade aprova, por unanimidade, criação da Inbev

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira, por unanimidade, a criação da Inbev, empresa resultante da operação de troca de ações entre a cervejaria brasileira Ambev e a belga Interbrew. O Cade considerou que a operação não representa riscos à concorrência no mercado de cervejas no Brasil, apesar da liderança da Ambev nesse segmento no País.A Ambev tem hoje uma participação de mercado equivalente a 67,3% e dispõe de um portfólio de 24 marcas de cervejas e refrigerantes. A Interbrew tem 173 marcas no mercado mundial, mas, segundo o relator do caso, conselheiro Muniz Prado, esse portfólio da empresa belga é pouco conhecido no Brasil e, para ter presença efetiva no mercado brasileiro, precisará fazer uma divulgação semelhante ao que se faria com a oferta de novos produtos.O grupo concorrente Schincariol, que participou como impugnante, no Cade, do processo de julgamento da operação de troca de ações, não estava representado na sessão de hoje do Conselho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.