Cade aprova reestruturação societária da Usiminas

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou hoje por maioria, sem impor restrições, a reestruturação societária da Usiminas, que foi realizada em 2006. Pela operação, a Vale e a Nippon Steel Corporation passaram a integrar o bloco de controle acionário da Usiminas. A Procuradoria do Cade havia dado um parecer recomendando restrições à operação, sob o argumento de que a Vale, por já participar do controle da MRS Logística por meio da MBR, poderia ter seu poder de influência elevado nessa empresa, pois a Usiminas também participa da MRS.No entanto, o relator do processo, conselheiro Fernando Furlan, afirmou que não há fatos suficientes que justifiquem tal preocupação. "Considero não haver fundamentos para impor restrições, pois a Vale, isoladamente, não tem tal poder de influência sobre os outros acionistas", afirmou o relator.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.