Sérgio Neves/Estadão
Sérgio Neves/Estadão

Cade aprova venda da Alpargatas, da J&F, para Itaúsa, Cambuhy e Brasil Warrant

Negócio foi anunciado no mês passado pela J&F, dos empresários Joesley e Wesley Batista; valor total da venda é de R$ 3,5 bilhões

Luci Ribeiro, O Estado de S.Paulo

04 Agosto 2017 | 12h05

BRASÍLIA - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a venda da Alpargatas, do Grupo J&F, para as empresas Itaúsa, holding de investimentos do Itaú, Cambuhy Investimentos, fundo da família Moreira Salles, e Brasil Warrant Administração de Bens e Empresas. O despacho com o aval está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira.

O negócio foi anunciado no mês passado pela J&F, dos empresários Joesley e Wesley Batista, e as outras empresas. O valor total da venda é de R$ 3,5 bilhões. A operação faz parte de um processo de desinvestimento do Grupo J&F, iniciado depois que os irmãos Batista decidiram assinar acordo de leniência com o Ministério Público Federal, que acarretará ao grupo multa total de R$ 10,3 bilhões.

+ Grupo mexicano Lala compra produtora de latícinios Vigor de irmãos Batista por R$ 5,7 bi

A operação consiste na aquisição, por Itaúsa, Cambuhy FIP e Brasil Warrant, de 54,24% do capital social total da Alpargatas, dos quais 85,78% do capital social votante e 20,95% do total das ações preferenciais. "O total de ações adquirido da Alpargatas será dividido entre as compradoras, de forma que a Itaúsa receberá 50% das ações adquiridas, o que resultará em participação da Itaúsa equivalente a 27,12% do capital social total da Alpargatas, enquanto os demais 50% serão distribuídos da seguinte forma: o Cambuhy FIP adquirirá aproximadamente 28,57% das ações adquiridas, equivalentes a aproximadamente 15,50% do capital social total da Alpargatas, e a BW adquirirá aproximadamente 21,43% das ações adquiridas, equivalentes a aproximadamente 11,62% do capital social total da Alpargatas", explica parecer do Cade sobre a operação.

+ J&F recusou proposta de R$ 4 bi pela Alpargatas

A Alpargatas é uma empresa de capital aberto e, no Brasil, atua principalmente na produção e comercialização de calçados, vestuário e artigos esportivos. Além das Havaianas, a Alpargatas detém outras marcas, como Dupé, Mizuno, Sete Léguas e Osklen. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.