Cade arquiva processo sobre compra do ABN pelo Barclays

Compra do banco holandês já foi fechada com outro proponente, o que implica no arquivamento do processo

Isabel Sobral, da Agência Estado,

24 de outubro de 2007 | 14h46

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) arquivou nesta quarta-feira, 24, por perda de objeto, o processo referente à proposta de compra do banco ABN Amro Real pelo banco inglês Barclays.  Como o negócio já foi feito com outro proponente, o consórcio RBS, liderado pelo Royal Bank e formado ainda pelo espanhol Santander e o Fortis, a oferta do Barclays perdeu objeto.  Como o consórcio, o Barclays registrou sua intenção de compra do ABN nos órgãos de defesa da concorrência de todos os países que a operação afetava antes mesmo de sua conclusão.  Isso é uma prática comum entre empresas multinacionais, já que, nos países desenvolvidos, a análise de fusões pelos órgãos antitruste é feita previamente à sua conclusão.

Tudo o que sabemos sobre:
ABNBarclaysCade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.