Cade autoriza compra de empresa de metais por subsidiária da CVRD

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição de 50% das ações da empresa Salobo Metais, pertecentes à britânica Anglo American , pela Caulim do Brasil, subsidiária da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD). Com a operação, realizada em maio deste ano, a Caulim passou a deter a totalidade do capital votante da empresa. Os conselheiros do Cade entenderam que o negócio não fere a concorrência, porque a CVRD não atua no mercado de cobre e sua participação no mercado mundial de ouro é ínfima, de apenas 0,4%. De acordo com informações prestadas pela Vale ao Cade, está sendo realizado estudo de viabilidade técnica e econômica para a produção de cobre e ouro pela Salobo. A Caulim pagou R$ 121 milhões pelas ações. A Vale do Rio Doce teve um faturamento de R$ 2,278 bilhões no Brasil em 2001, e de R$ 8,455 bilhões no mundo. A Anglo American registrou um faturamento no ano passado no Brasil de R$ 46 milhões e R$ 927 milhões no mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.