finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cade condena empresas aéreas por cartel

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) concluiu hoje o julgamento do processo por cartel contra as companhias aéreas Varig, Vasp e TAM e a extinta Transbrasil e condenou-as por prática anticoncorrencial por quatro votos a dois.As empresas terão que pagar multa de 1% do seu faturamento em 1998, relativo a ponte aérea Rio-São Paulo, já que o cartel teria sido praticado nas tarifas desse trecho.Os quatro conselheiros, que já haviam votado em outras sessões, reformularam hoje o seu voto para tornar a condenação mais adequada, especificando que se refere a apenas ao faturamento obtido na operação da ponte aérea.O último voto que faltava, proferido hoje, da presidente do Cade, Elizabeth Farina, seguiu o voto do relator, ex-conselheiro Thompson Andrade, que foi pelo arquivamento do caso, alegando que não havia provas da prática de cartel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.