Cade dá parecer favorável à venda da Reuters

Fusão será com grupo canadense Thomson Corporation, que vende serviços de informações financeiras

Isabel Sobral, da Agência Estado,

13 de fevereiro de 2008 | 13h04

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira, 13, sem restrições, a venda da agência de notícias internacional Reuters para o grupo canadense Thomson Corporation, que atua na área de venda de serviços de informações financeiras.   Segundo o relator do processo, Ricardo Cueva, a análise do impacto dessa fusão segmentou alguns serviços e apenas em dois mercados foi constatada uma concentração de participação de mercado, superior a 20%. Esses dois mercados são de administradores de patrimônio e bancos de investimentos.   "No entanto constatou-se que quase não existem barreiras na entrada de novos concorrentes nesse mercado, e por isso considero que não há risco à concorrência, por causa da operação", afirmou Cueva.   A venda da Reuters para a Thompson foi anunciada em maio de 2007 e teve que ser julgada, também, pelos órgãos de defesa da concorrência brasileiros, porque as duas empresas têm participação no mercado interno.

Tudo o que sabemos sobre:
ReutersThomson Corporation

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.