Cade deve aprovar fim de vôos conjuntos entre TAM e Varig

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deverá aprovar amanhã o plano de encerramento do compartilhamento de vôos (code-share) entre as companhias aéreas TAM e Varig, apresentado ao órgão de defesa da concorrência na semana passada. As empresas pediram 90 dias para encerrar gradualmente as operações compartilhadas, a contar da aprovação do cronograma.A avaliação geral dentro do conselho é que esse é um prazo bastante razoável e que superou, inclusive, as expectativas de que as companhias pedissem de 120 a 150 dias para pôr fim ao code-share iniciado em março de 2003. O compartilhamento de aeronaves foi idealizado como um passo inicial para uma possível fusão entre as empresas e também foi uma forma de as duas empresas reduzirem custos operacionais.Hoje, os advogados das empresas tiveram mais uma reunião com o conselheiro-relator do caso, Luiz Prado, para finalizar detalhes do plano e avaliarem o "clima entre os integrantes do Cade" sobre a proposta apresentada. Durante a sessão de julgamentos, que ocorrerá amanhã a partir das 14h, o conselheiro Prado deverá apresentar um despacho sobre a proposta das empresas que terá que ser submetido ao crivo dos demais conselheiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.