Cade julga amanhã primeiro caso de cartel em postos

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vai julgar amanhã o primeiro caso de prática de cartel em postos de combustível no País. O processo que será julgado envolve postos de gasolina em Florianópolis, em Santa Catarina. Eles estariam combinando preços entre os revendedores, o que caracteriza indício de infração à ordem econômica. As investigações foram iniciadas pelo Ministério Público do Estado de Santa Catarina, que depois encaminhou a denúncia aos órgãos do Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência. Entre os envolvidos, estão vários postos e o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis. O relator do processo no Cade é o conselheiro Afonso Arinos de Mello Franco Neto.

Agencia Estado,

19 de março de 2002 | 17h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.